skip to Main Content
Menu

Reprogramação de Centralinas

Oficina em Lisboa e no Montijo

A Centralina

A Unidade de Controlo Eletrónica (ECU) pode ser considerado o cérebro do automóvel. A conceção dos automóveis atuais contempla muitos componentes elétricos que determinam o fornecimento de combustível e tempo de ignição, entre muitos outros. Estes componentes enviam e recebem informação da ECU que controla todas as funções eletrónicas dos diversos sistemas do veículo.

 

A ECU ou Centralina efetua leituras de todos os sensores eletrónicos do veículo, como a  temperatura do motor, o ângulo do pedal do acelerador, o teor de oxigénio nos gases de escape queimados, entre muitos outros, e interpreta as necessidades do veículo.

 

De modo a gerir o desempenho e o consumo de combustível, são efetuados ajustes contínuos no circuito de alimentação de combustível do motor, bem como no ponto de ignição ou injeção, para fornecer a mistura de ar e combustível adequada e sofrer a combustão no momento exato na câmara de combustão.

 

Os veículos mais recentes e tecnologicamente mais avançados possuem diversos sistemas auxiliares, também estes controlados pela Centralina, para garantir uma maior eficiência na relação consumo/performance.

 

A Centralina é igualmente responsável pelo ajuste da quantidade de combustível utilizado em climas frios para garantir um arranque suave e um funcionamento sem problemas em qualquer situação.

A Reprogramação AUTORACE

A Centralina controla o output do motor utilizando os dados provenientes dos sensores e cruzando essa informação com os mapas que existem na sua memória. Estes mapas são gráficos tridimensionais onde estão contempladas as diversas situações que podem ocorrer, como por exemplo a percentagem de acelerador em função da carga e rotação do motor.

 

Após esta análise dos dados, são emitidos os diversos outputs para os diversos componentes, com o timing e intensidade específicos, em função dos inputs.

 

As Reprogramações AutoRace incidem diretamente sobre os dados gravados na memória da Centralina. Após o primeiro passo, que consiste na leitura de todos os mapas existentes na Centralina, estes são modificados de forma a alterar a forma como os dados de entrada (inputs) são interpretados.

 

Esta nova interpretação permite obter ganhos significativos em termos de performance e/ou consumos, uma vez que a eficiência do funcionamento do motor é melhorada.

Reprogramação AUTORACE

Conheça as Soluções de Reprogramação que a AUTORACE tem para lhe oferecer

ecodrive-mini
ecofun-mini
hardsport-mini
racebox-mini
Back To Top