skip to Main Content
Menu

A Unidade de Controlo Eletrónica (ECU) pode ser considerado o cérebro do automóvel. A conceção dos automóveis atuais contempla muitos componentes elétricos que determinam o fornecimento de combustível e tempo de ignição, entre muitos outros. Estes componentes enviam e recebem informação da ECU que controla todas as funções eletrónicas dos diversos sistemas do veículo.

A ECU ou Centralina efetua leituras de todos os sensores eletrónicos do veículo, como a temperatura do motor, o ângulo do pedal do acelerador, o teor de oxigénio nos gases de escape queimados, entre muitos outros, e interpreta as necessidades do veículo.

De modo a gerir o desempenho e o consumo de combustível, são efetuados ajustes contínuos no circuito de alimentação de combustível do motor, bem como no ponto de ignição ou injeção, para fornecer a mistura de ar e combustível adequada e sofrer a combustão no momento exato na câmara de combustão.

Os veículos mais recentes e tecnologicamente mais avançados possuem diversos sistemas auxiliares, também estes controlados pela Centralina, para garantir uma maior eficiência na relação consumo/performance.

A Centralina é igualmente responsável pelo ajuste da quantidade de combustível utilizado em climas frios para garantir um arranque suave e um funcionamento sem problemas em qualquer situação.

A Centralina controla o output do motor utilizando os dados provenientes dos sensores e cruzando essa informação com os mapas que existem na sua memória. Estes mapas são gráficos tridimensionais onde estão contempladas as diversas situações que podem ocorrer, como por exemplo a percentagem de acelerador em função da carga e rotação do motor.

Após esta análise dos dados, são emitidos os diversos outputs para os diversos componentes, com o timing e intensidade específicos, em função dos inputs.

As Reprogramações AutoRace incidem diretamente sobre os dados gravados na memória da Centralina. Após o primeiro passo, que consiste na leitura de todos os mapas existentes na Centralina, estes são modificados de forma a alterar a forma como os dados de entrada (inputs) são interpretados.

Esta nova interpretação permite obter ganhos significativos em termos de performance e/ou consumos, uma vez que a eficiência do funcionamento do motor é melhorada.

É o serviço AUTORACE que tem por fim reprogramar a unidade de comando eletrónico ou centralina de um determinado automóvel, de forma a otimizar o motor consoante os objetivos e necessidades de cada cliente. Essa otimização incide geralmente sobre o aumento da performance global, destacando-se a redução de consumo de combustível, o aumento de potência, aumento de binário, e gestão das emissões.

A Reprogramação AUTORACE é desenvolvida de forma personalizada.

A AUTORACE especializa-se em reprogramação de automóveis ligeiros, apresentando soluções para a grande maioria dos automóveis em circulação na atualidade.

Dispondo de equipamento eletrónico de última geração, conseguimos abranger a quase totalidade dos fabricantes automóveis garantindo resultados profissionais.

A reprogramação AUTORACE poderá ser efetuada independentemente do ano ou quilometragem de cada automóvel, bastando para isso que tenha as condições minimas de sáude mecânica que irão ser avaliadas por um técnico mecânico AUTORACE. Os resultados irão variar razoavelmente no vasto universo de modelos e motorizações, sendo as motorizações equipadas com turbo, as que obtém resultados mais expressivos.

Se pretende saber mais acerca de um determinado modelo não hesite em nos contactar.

Após uma análise técnica do seu automóvel por um mecânico AUTORACE, e tendo o seu automóvel as condições necessárias para ser reprogramado, um elemento da equipa técnica AUTORACE DIGITAL irá conectar o equipamento informático à unidade de comando de eletrónico. Será feita uma leitura inicial para analisar o ficheiro original e posterior download para poder ser posteriormente reprogramado.

O técnico irá proceder a uma serie de questões sucintas para definir os objetivos do cliente.

No laboratório técnico, a programação é levado a cabo por um técnico especializado usando software moderno e atualizado.

Após a instalação do ficheiro será efetuado um teste de estrada para verificar na prática os benefícios do reprogramação digital AUTORACE.

Dependendo do veículo, a reprogramação de centralina AUTORACE, em condições normalizadas, terá uma duração média de 1 hora.

Se quiser saber mais sobre a metodologia de Reprogramação de Centralina AUTORACE DIGITAL clique aqui

A reprogramação de centralina de um automóvel é um processo extremamente arriscado se não for efetuado por um profissional competente, que entenda exatamente todos os parâmetros envolvidos na gestão eletrónica do motor. Além do perfeito entendimento das variáveis é fundamental saber editar as mesmas de forma otimizada mantendo sempre os padrões de fiablidade originais do automóvel.

A otimização de resultados advém igualmente de uma vasta experiência de desenvolvimento costumizado. Infelizmente, não existem muitas empresas que possuam essa capacidade, pois recorrem a ficheiros pré-fabricados de origem dúbia para reduzir custos, não possuíndo capacidade técnica para desenvolvimentos personalizados . Na AUTORACE, além de sermos profissionais competentes com uma larga experiência experiência de desenvolvimento eletrónico costumizado na grande maioria de marcas e modelos de automóveis, temos ainda um sentido ainda mais apurado do que a maioria da concorrência para manter a fiabilidade e funcionalidade de todos os componentes mecânicos pois ao possuir oficina de mecânica integrada, sabemos exatamente quais são os limites teoricos mas sobretudo práticos a respeitar.

Os serviços AUTORACE DIGITAL estão ao abrigo de uma garantia vitalícia que abrange o software desenvolvido pela AUTORACE. Qualquer funcionamento anómalo do software será analisado e posteriormente resolvido por um técnico especializado.

Durante a intervenção do técnico todos os componentes físicos diretamente envolvidos no processo estarão sob a responsabilidade da AUTORACE após uma verificação incial de bom funcionamento.

Para mais informações consulte a página – Condições Gerais de Venda

Sim. Após a leitura do ficheiro original da centralina do seu veículo, este é guardado e devidamente identificado como sendo do seu veículo para que possa reverter o processo se assim o pretender.

Sim. Após a reprogramação, dispõe de 30 dias para reverter o veículo ao seu estado original.

Não. Trata-se de um processo completamente invisível, não acusando a sua presença mesmo nas revisões da marca.

Não. De forma semelhante ao que sucede com a garantia do veículo, este processo é completamente invisível e não altera quaisquer parâmetros inspecionados na inspeção periódica.

O seu automóvel encontra-se otimizado de acordo com o objetivo da marca para o modelo em questão.

Devido a várias razões, sendo estas a globalidade do automóvel (os parâmetros têm de ser configurados para que o veículo seja eficiente tanto em climas quentes como climas frios), a qualidade do combustível e mesmos as taxas sobre a potência ou emissões dos vários países condicionam a forma como os parâmetros são configurados na centralina.

Além destes, o próprio marketing e controlo de custos da marca condicionam igualmente os motores. Sendo possível obter diferentes níveis de potência a partir do mesmo motor, torna-se rentável para o construtor limitar os seus motores, criando assim diversos modelos e motorizações.

É através do somatório destes parâmetros que se torna possível melhorar a performance do seu motor, bem como os consumos, sem comprometer qualquer componente mecânico.

Back To Top